RSS

Dia Internacional da Tolerância

16 Nov

Porque tudo começa num pequenino ponto…E do ponto se começa a ponte.

E da ponte  se faz arco-íris, sempre maravilha aos nossos olhos.

Porque todos somos todas as cores, todos os ângulos,

todas as transparências, todas as sombras.

E a soma de todos os afetos!

Kandinskiabstracionismo

Wassily Kandinsky

1995 foi o Ano das Nações Unidas para a Tolerância.

Desde essa data, a UNESCO celebra anualmente o dia que  lembra aos cidadãos do mundo o direito  à liberdade de expressão,a professar diferentes religiões, num permanente diálogo intercultural de respeito mútuo e cooperação, considerando que todos, sem exceção,comungam uma única casa – a mãe Terra.

Logo_only_Time-for-global-action-banner_253x95_Portuguese

O Dia Internacional da Tolerância fundamenta-se em três artigos da 

Declaração Universal do Direitos do Homem:

Artigo 18.º

Toda a pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de mudar de religião ou de convicção, assim como a liberdade de manifestar a religião ou convicção, sozinho ou em comum, tanto em público como em privado, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pelos ritos.

Artigo 19.º

Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão.

Artigo 26.º

1. Toda a pessoa tem direito à educação. A educação deve ser gratuita, pelo menos a correspondente ao ensino elementar fundamental. O ensino elementar é obrigatório. O ensino técnico e profissional deve ser generalizado; o acesso aos estudos superiores deve estar aberto a todos em plena igualdade, em função do seu mérito.

2. A educação deve visar à plena expansão da personalidade humana e ao reforço dos direitos do homem e das liberdades fundamentais e deve favorecer a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações e todos os grupos raciais ou religiosos, bem como o desenvolvimento das actividades das Nações Unidas para a manutenção da paz.

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 16 de Novembro de 2015 em Bibliotecando, Cidadania, UNESCO

 

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: