RSS

E se fosse eu?

06 Abr

Fazer a mochila e partir. Cercado de angústia e guerra, ser racional. Saber escolher. Trazer apenas o essencial. Depois, caminhar, caminhar. Tentar chegar a lugar seguro. Sentir a hostilidade de quem nos sente como ameaça. Sentir o conforto de quem nos acolhe como irmãos.

Porque há uma guerra que nos atinge a todos;

porque há uma PAZ que nos espera a todos!

E se fôssemos nós ter de fazer a mochila e fugir precipitadamente?

Refugiados

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 6 de Abril de 2016 em Cidadania, Memória, UNESCO

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: